Archive | January, 2013

Anti-social

30 Jan

photo(17)Achei que estava viciada demais no livro de faces. Qualquer tempinho livre, em casa, no metrô, no café, ou mesmo não livre, durante o trabalho, lá estava eu dábliu dábliuzando facebook.com, lendo a bendita num scroll infinito, um minuto que às vezes se transformava em muitos.

Semana passada, num surto, decidi ficar uma semana sem acessar. Deletei o aplicativo do celular e me policiei para não acessar do computador. E eis o que se passou.

Logicamente, tive ímpetos de entrar. Mas com os dias eles foram diminuindo.

Não deixei de falar com a família nem com amigos reais pois para isso usei o celular e o velho e bom email.

Nos momentos de espera, li mais os aplicativos de notícias que tenho no celular.

Acessei o Instagram, como sempre, o que me toma muito menos tempo.

Descobri mais sites ligados ao meu trabalho. Coincidência ou não, encontrei o que buscava há um mês. Escrevi mais, sem tantas pausas.

Ah! Antes de completar uma semana, o Facebook me enviou um e-mail. Sentiu a minha falta, e me avisou que eu estava perdendo muitas novidades, que vários amigos tinham atualizado seus status e que eu tinha mensagens não lidas. Resisti.

Entrei hoje. Bom, perdi um evento marcado pelo Facebook. Mas creio que se fosse mesmo para eu ir alguém teria me ligado.

Deixei de ver os posts sobre a vida de quem não vejo pessoalmente há 10 ou 20 anos.

Continuei sem ver os posts daqueles amigos que nunca postam nada.

Perdi os status dos amigos que conversam com o próprio Facebook, e daqueles que postam cada passo do seu dia.

Perdi as reclamações sobre o trânsito, a chuva e os políticos.

Deixei de ver mensagens de auto-ajuda e li mais antes de dormir meu livro atual de cabeceira, por acaso uma crítica aos livros de auto-ajuda.

Perdi ou ganhei?

Advertisements